Padrões de Preparo de Superfície (Normas SIS 05 5900))

Devido aos aspectos ambientais que envolvem o jateamento com abrasivos (areia, granalha de aço, “sinterbol”, óxido de alumínio e outros) em virtude da geração de partículas em suspensão, tal método e restrito a locais controlados (cabines) com sistemas de exaustão e filtragem.

Para utilização em áreas abertas (campo) existe o processo de jato abrasivo úmido, que consiste, genericamente, no “molhamento” do abrasivo (neste caso a areia) no momento que a mesma sai do bico ou por processos onde o equipamento leva a areia já molhada, tais processos minimizam a geração de partículas em suspensão (poeira), contudo não as eliminam totalmente, além de gerar considerável volume de resíduos.

Além de jateamento abrasivo existe o processo de HIDROJATEAMENTO que varia de baixa a ultra-alta pressão, que não produzem poeiras, porém necessitam de Equipamentos específicos e tratamento dos efluentes controlados e homologados.

Padrão de CoresVeja o padrão de cores:

Anatin Tintas - Todos os direitos reservados. Termos de Uso | Privacidade