Principais falhas e defeitos de pintura

Defeitos de Aplicação

  • A trincha ou pincel; o defeito mais comum é o de sinais de cerdas ou mesmo de cerdas soltas impregnadas á tinta, o que ocasiona apenas um aspecto estético não prejudica o desempenho da pintura
  • Pintura a rolo, um defeitos consiste em rugosidades superficiais e impregnações de chumaços do rolo, quando o uso de rolos pouco resistentes a alguns solventes fortes usados em alguns tipos de tintas como epóxi e poliuretano
  • Pintura por pulverização ( pistola)
  • Espessura excessivamente desuniforme: havendo diferenças de espessuras acima de 20% do filme especificado, fica demonstrada a má técnica de manuseio ou falta de atenção no suo da pistola.
  • Impurezas: o aparecimento de impurezas, bolhas e similares representa um sinal de mangueiras sujas ou ar filtrado deficiente.
  • Descaimento: ondas existentes na pintura, causadas por diversos motivos tais como; viscosidade baixa, pistola excessivamente próxima da superfície, manuseio incorreto;
  • Pele de laranja: corresponde á aparência rugosa da casca de laranja, é causada por alta viscosidade da tinta, baixa pressão do ar, manuseio incorreto.
  • Poeira ( over spray) aparência pulverulenta causa por pressão excessiva, distância muito grande ente a pistola e a superfície, solvente excessivamente volátil;
  • Consumo elevado: em locais desabrigados, pode ser causado por vento excessivo, porém é muito comum ser causado pelo manuseio incorreto da pistola como “balanceio” exagerado e interrupção do movimento de aplicação muito além do término da superfície (aplicação no vazio). Pressão muito elevada pode também contribuir para consumo elevado por perda de tinta.

Defeitos da Pintura

Além dos defeitos de aplicação, diversos outros são ocasionados por fatores internos do filme de tinta ou influencias das condições climáticas e das características do metal, os mais comuns são:

  • Empolamento (bolhas): proveniente da passagem de um fluido através de partes do metal e / ou de parte da película do primer e acúmulo sobre a tinta de acabamento, em geral, mais permeável. É ocasionado por umidade excessiva, migração de fluidos como hidrogênio do interior do equipamento, pintura sobre camada ainda não seca (retenção de solvente ente camadas) ;
  • Empoamento : formação de camada pulverulenta sobre a tinta após exposição prolongada ao sol. As ondas ultravioletas da luz solar decompõem a resina da tinta liberando pigmento e/ou cargas ( comum nas tintas a base de alcatrão e epóxi
  • Fraturamento ou fendilhamento: produzido pela perda de flexibilidade da película de tinta durante seu tempo de exposição. Tem diversas graduações, iniciando com aparência de “fios de cabelos” e indo até o aspecto de fendas profundas tipo pele de crocodilo, seu aspecto mais drástico.
  • Descascamento ou descolamento: causada pela perda de adesão da tinta à superfície metálica ou á demão subjacente, devido ao mau preparo de superfície, impurezas não removidas, contaminação posterior ao preparo da superfície ou incompatibilidade entre as diversas camadas de tintas.
  • Enrugamento: causado normalmente por espessura excessiva do filme, de durezas diferentes aplicadas umas sobre as outras.

Padrão de CoresVeja o padrão de cores:

Anatin Tintas - Todos os direitos reservados. Termos de Uso | Privacidade